Dia a Dia
947
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-947,bridge-core-2.3.2,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-21.8,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default
 

Dia a Dia

Sabores especiais para cada encontro

Bovino

  • Relativamente magro, o acém deve ser cozido com calor úmido para amaciar as fibras. Pode ser cortado em tiras e filés, sendo indicado para bifes, ensopados, assados e refogados – também pode fazer parte de um blend de carnes para hambúrguer. O seu miolo resulta em ótimos filés grelhados.

  • Peça inteira que se divide em três partes: Picanha, Maminha e Miolo da alcatra. A posui fibras curtas e macias, sobretudo quando vem de animal gordo. É indicada para bifes, minirosbife de frigideira, espetinhos, milanesas, steak tartar, hambúrgueres, strogonoff e muito mais.

  • Localizada sobre o contrafilé ou filé de costela, a capa de filé tem textura desigual e grande quantidade de nervos. Por isso, presta-se bem para o preparo de carnes com molho que precisam de cozimento mais longo, além de ensopados e refogados.

  • O contra filé é uma carne macia e saborosa com camada de gordura externa e pode ser subdivido em Bife Ancho ou Filé de Costela, Entrecote ou Bife de Chorizo. Trata-se de um corte mil e uma utilidades: bife, strogonoff, refogado, ensopado, picadinho, carne moída, churrasco e muito mais.

  • Paixão de muitos brasileiros, a costela é a parte superior da caixa torácica do bovino, tendo ossos maiores e mais largos. A carne é um pouco mais seca do que a costela ponta de agulha ou costela minga.

  • Com fibras mais longas e rijas, e gordura concentrada na parte externa, o coxão duro exige cozimento lento, sendo ideal para assados de panela, rosbifes, carne recheada, cozidos ou utilizado moído em molhos e refogados.

  • Carne de quarto traseiro formado de fibras curtas e macias, o coxão mole pode ser separado em três partes: uma bolinha da frente extremamente saborosa e macia, a manta de baixo, para cubos e enrolados, e o fundo, sendo o coxão mole propriamente dito. Vai bem como bife, tiras ou cubinhos.

  • De cor mais clara, fibras longas e magras, o lagarto tem formato arredondado e bem definido. Preparo típico é a carne de panela, carne desfiada (carne louca), podendo ainda ser usado em assados e rosbifes. Pode ser recheado com linguiça ou vegetais e ovo.

  • Também conhecida como ponta de alcatra, a maminha é a parte mais macia da alcatra, suculenta e tem sabor suave. É boa para assados, churrasco ou na grelha – carnes de panela ou bifes servidos bem passados, pois tem maior teor de gordura.

  • Também conhecido como coração de alcatra e centro da alcatra, o miolo de alcatra tem fibras curtas e é mais macio que o coxão mole. Ideal para bifes, churrasco ou na grelha, em assados, refogados, grelhados e picadinhos.

  • Também conhecido como músculo mole, o músculo é uma carne muito saborosa, sendo indicado para o preparo de molhos, ensopados, carnes de panela, papinha e também sopas.

  • Também conhecida como capa do bife, a ponta de agulha ou minga é a parte inferior da caixa torácica do bovino, tendo portanto ossos mais finos e bastante cartilagem entremeada com gordura. Fica muito bem em assados, ensopados ou sopa. Deve ser cozida por tempo longo, distante do braseiro, para amaciar.

Aves

  • Parte inferior das aves, as coxas e sobrecoxas são carnes muito saborosas e devem ser deixadas em vinha-d’alho para agregar mais sabor. Podem ser preparadas assadas, ensopadas, grelhadas, desossadas com pele e sem pele, recheadas e enroladas.

  • Tradicional e com bom custo-benefício, o filé de frango é um corte macio, retirado do peito do frango, e quase não possui gordura. É rico em proteínas e fica muito gostoso na chapa ou frigideira, temperado com sal, pimenta e ervas.

  • Uma das carnes mais consumidas pelos brasileiros, o frango inteiro é de rápido preparo, rico em proteínas e extremamente saboroso. Vai muito bem acompanhado de batatas e farofa.

  • Podendo ser desossado, o galeto é um frango novo que se prepara assado no espeto. Também vai bem com farofa e batatas.

  • É o peito de frango dessossado, aberto e batido bem fino. Para quem está de dieta ou gosta de carnes mais leves, o paillard fica uma delícia acompanhado de uma salada de rúcula e tomate.

  • O peito de frango pode ser comprado com osso ou desossado – neste caso podemos fazer os filés, os supremos, o frango Kiev (com a coxa da asa), estrogonofe (tiras), fricassês e uma infinidade de pratos.

Suíno

  • Corte transversal do lombo do animal, com parte do osso junto. Podemos ter bistecas de cordeiro, bovinas e vitela. Podemos cortá-los em diversas espessuras. A bisteca especial é um corte próprio para grelhar ou fritar.

  • O carret suíno como o de todos os outros animais esta situado na coluna do animal. Costumamos dizer que a parte mais próxima a cabeça fica a copa e depois o lombo com os ossos. Pode ser assado inteiro ou cortado em bifes entre os ossos.

  • Nome dado às costelas do suíno, tem menos carne e mais ossos do que a bisteca, deve ser grelhada, assada ou frita.

  • Nosso hambúrguer é preparado com 100% de carne suína. O resultado é um produto muito macio e suculento, ideal para hamburgadas – vai bem acompanhado de temperos cítricos e cebola roxa.

  • Feijoada é um prato que consiste num guisado de feijão com carne, normalmente acompanhado com arroz e que, hoje em dia, constitui um dos pratos mais típicos da cozinha brasileira. Aqui na Freddi oferecemos kits incríveis para você fazer a sua.

  • Tipo embutido feito com carne suína ou de boi, frango ou mista (quando se usa mais de um tipo de carne) condimentos e bacon. O sabor varia de acordo com os ingredientes que entram em sua composição. Pode ser fresca, seca ou defumada.

  • Corte de carne retirado da região lombar do animal, indo do ombro até a perna traseira do porco, do boi, da vitela e do cordeiro. Ele é encontrado inteiro podendo também ser vendido com as costelas (carret).

  • Carne suína muito macia, que se localiza ao longo do dorso do animal (ao lado do lombo). Pesa aproximadamente 500g, não apresenta nervos, gordura externa ou ossos. É magra e extremamente saborosa.

  • É um corte da perna dianteira do animal, formado por músculos, nervos e gordura. A pleta suína também é conhecida como pá ou braço, sendo muito. Pode ser assada, cozida ou recheada.

  • Parte anterior dos membros traseiros. Pode ser adquirido inteiro, com osso e couro, ou desossado. O pernil suíno pode ser preparado de muitas formas: recheado, assado no forno ou na grelha.